Como voltar às aulas de forma segura na pandemia

Longe da escola os pequenos perdem a oportunidade de socialização com colegas e professores, e experiências educacionais que são essenciais para o desenvolvimento.

Na maior parte dos casos, as crianças têm sintomas mais leves de COVID-19 do que adultos, entretanto elas podem transmitir a doença para outros da mesma forma. Portanto, o ideal é evitar que filhos que retornaram às aulas entrem em contato com avós, por exemplo.

A experiência de outros países e estudos mostra o que é preciso para retornar de forma segura. Confira algumas medidas para reforçar com os pequenos para evitar o contágio:

  • Manter o uso constante de máscara e trocá-la no mínimo a cada quatro horas.
  • O ideal é levar o seu próprio álcool em gel.
  • Realizar limpeza constante da mesa escolar.
  • Alunos, pais e familiares que apresentaram sintomas gripal ou suspeita de COVID-19 não devem ir para a escola por pelo menos quinze dias.
  • Se for possível, ir a pé ou de carro, mas se a única alternativa for ônibus ou transporte escolar, é importante usar máscaras e abrir as janelas.

Deixe uma mensagem

Seu endereço de e-mail não será publicado