A importância de desenvolver as funções executivas

Durante a fase de alfabetização, os pais podem potencializar os estímulos dos pequenos para ajudá-los a conquistarem o autocontrole, a flexibilidade, estabelecerem prioridades etc. Este conjunto de habilidades são as funções executivas.

Elas são necessárias para controlar e regular as emoções, os pensamentos e as atitudes diante de diferentes situações. Nos ajudando a criar, seguir, acompanhar e, se necessário, corrigir um plano de ação. Apesar de parecer algo distante, tudo isso faz parte de nosso dia a dia, está também nas tarefas simples. Conheça as três categorias:

  1. Autocontrole

Habilidade que contém os impulsos e avalia os riscos de nossas ações. Ensina que toda ação tem uma reação.

  1. Memória operacional

Habilidade de manter uma informação gravada pelo tempo necessário de usá-la na solução de um problema ou para fazer a relação de ideias. Quando, por exemplo, precisamos estabelecer prioridades.

  1. Flexibilidade cognitiva

É a capacidade de se adaptar diante de novos cenários e contextos. Ter criatividade para resolver problemas e ter agilidade e maleabilidade em diferentes situações.

Estimular as funções executivas na infância é importante para que o seu filho tenha mais facilidade para lidar com as suas emoções, aprenda a criar pensamentos mais lógicos e coesos e tenha maior facilidade em resoluções de conflitos.

Brinquedos que ajudam a desenvolver as funções executivas

E como criança aprende brincando, nada melhor que usar jogos e brincadeiras para isso. Jogos de tabuleiro, como Damas, Ludo, Resta Um e Xadrez, cada um com sua complexidade, claro, mas todos podem ser boas opções. Todos exigem que as crianças aprendam e se lembrem de regras, façam planejamento a longo prazo, antecipem jogadas e adaptem sua estratégia.

Venha no Maza conhecer a variedade de jogos de tabuleiros ou compre via WhatsApp: (19) 99771-7750

Deixe uma mensagem

Seu endereço de e-mail não será publicado